O 2° Encontro SEMBA SAMBA acontece em:

29 de novembro de 2016

Organizadores

Jose Sergio Leite Lopes

Jose Sergio Leite Lopes

Antropólogo, é Professor Titular do Departamento de Antropologia do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro desde 1978 e Diretor do Colégio Brasileiro de Altos Estudos da Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A -
CA CS - Antrop., Arqueol., C.
Política, Direito, Rel. Internacionais e Sociologia.

Graduou-se em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1969). Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975) e Doutor em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1986), concluiu o pós-doutorado pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales de Paris (1988-1990).

Foi professor visitante na Universidade Federal de Pernambuco (2003-2006). Tem experiência na área de Antropologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia do trabalho e dos trabalhadores, meio ambiente e conflitos sociais, história social das ciências sociais relacionadas ao trabalho e antropologia do esporte.

Ricardo Vilas Boas de Sa Rego (Ricardo Vilas)

Ricardo Vilas Boas de Sa Rego (Ricardo Vilas)

Doutor em Antropologia, diplomado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Programa de Pós Graduação em Antropologia Social (PPGAS), em cotutela com a Ecole des Hautes Etudes em Sciences Sociales (EHESS) – Paris, França – Centre de Recherches sur les Arts et le Langage (CRAL), em 2014.

Mestre em Etnomusicologia, diplomado pela UNIVERSITÉ de PARIS VIII-ST-DENIS, França; em 2007.

Palestrante e pesquisador, tem se dedicado à circulação musical entre Brasil e Africa, com foco nos países africanos da CPLP.

Produtor e diretor musical, com passagens pela TV Globo (1982-88), e colaborações com emissoras de radio e de tv no Brasil e na França. Desde 2008, é Gerente de Música da Empresa Brasil de Comunicação – EBC (Tv Brasil, Radios Nacional e MEC, Tv Brasil Internacional), responsável por trilhas, temas e assinaturas musicais das emissoras do grupo, assim como pela produção musical de programas.

Musico, cantor, compositor, arranjador e instrumentista, possui 26 álbuns em sua discografia pessoal.

Tatiana Bacal

Tatiana Bacal

Doutora em Antropologia Cultural pelo PPGSA/IFCS/UFRJ (2010) e mestre em Antropologia Social pelo Programa de Pós-graduação em Antropologia Social do Museu Nacional, UFRJ (2003). Atualmente realiza pós-doutorado no Programa de Sociologia e Antropologia do IFCS da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Bolsista PNPD-CAPES). É coordenadora associada do Núcleo de Experimentações em Etnografia e Imagem (NEXTimagem) - PPGSA/IFCS/UFRJ. Foi professora do Departamento de Ciências Sociais da PUC-Rio entre 2004 e 2013. É autora do livro Música, máquinas e humanos: os DJs no cenário da música eletrônica (2012) e de A MPB em Discussão - Entrevistas (2006). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia da Música, Antropologia Visual e em Antropologia da Arte.

Stéphanie Malherbe

Stéphanie Malherbe

Especialista em Comunicação. Produtora de eventos, shows e congressos, atuando no Brasil, e na França. Mestre em Ciências da informação e da Comunicação, CELSA – École des Hautes Études en Sciences de l’Information et de la Communication, Université Paris I – Sorbonne, Paris (1999), diploma revalidado pela ECO-UFRJ em 2013.
Graduada em Direito, especialização « carrières judiciaires », Université Paris II – ASSAS, Paris (1997). Criadora e diretora, blogueira: site www.conexaoafrica .com, especializado em música e cultura africana contemporânea.

Amanda Palomo Alves

Amanda Palomo Alves

Graduou-se e Especializou-se em História pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e concluiu seu Mestrado em História pela mesma Instituição. É Doutora em História Social pela Universidade Federal Fluminense (UFF), atuando, principalmente, nos seguintes temas: história e música; história e cultura afro-brasileira, relações raciais no Brasil e história da África, com ênfase em Angola - século XX. É pesquisadora em vários projetos e grupos de pesquisa, entre eles, Núcleo de Estudos Contemporâneos (NEC-UFF), e Grupo de Pesquisa Multi- Institucional “Áfricas” (UERJ-UFRJ). Em 2010 foi vencedora do "Prêmio de Monografias e Dissertações da Fundação Cultural Palmares" com a dissertação "O poder negro na pátria verde e amarela: musicalidade, política e identidade em Tony Tornado (1970)".

Ana Célia Castro

Ana Célia Castro

Doutora pela Unicamp, possui pós-doutorado pela Universidade de Berkeley.

Atualmente, é professora titular da UFRJ, vice-coordenadora do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (Instituto de Economia da UFRJ) e vice-coordenadora do INCT-PPED (Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento), e membro do IBRACH (Instituto de Estudos Brasil-China).

É autora e organizadora de diversos livros, sendo o mais recente Knowledge Governance - Reasserting the Public Interest (The Anthem Other Canon Series).

Wagner Chaves

Wagner Chaves

Antropólogo, professor do departamento de Antropologia Cultural do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS) da Universidade Federal do Rio Janeiro. Wagner realizou pesquisas de campo na região do médio rio Paraíba do Sul, Rio de Janeiro, e no norte de Minas Gerais, enfocando os giros rituais das folias de santos reis, tendo publicado, em 2013 pela Editora da Universidade Federal de Alagoas, o livro “Na Jornada de Santos Reis: Conhecimento, Ritual e Poder na Folia do Tachico”, além de diversos artigos tratando de temas como ritos e festas da cultura popular, práticas de colecionismo, religiosidade popular e música.

Entre 2009 e 2014, quando lecionou na Universidade Federal de Alagoas, assumiu a coordenação do Museu Théo Brandão de Antropologia e Folclore, se responsabilizando pela reorganização do relevante acervo de cultura popular alagoana pertencente à instituição, originalmente constituído pelo folclorista Théo Brandão.

Organizadores Institucionais