O Encontro SEMBA SAMBA acontece em:

4 a 6 de novembro de 2015

Home

40 anos da Independência de Angola

Mês da consciência negra no Brasil

450 anos da cidade do Rio de Janeiro

 

4 de novembro de 2015 – Quarta-feira

Cerimonia de Abertura

Local: Memorial Municipal Getulio Vargas (praça Luis de Camões, Glória, Rio de Janeiro)

 

Dias 5 e 6 de novembro

Mesas de Palestras e Debates

Local: Palacio Itamaraty, Av. Mal. Floriano, 196 - Centro, Rio de Janeiro

 

As relações entre África e Brasil sempre foram intensas, e determinantes na formação da nação brasileira. Angola, neste fluxo, se destaca como uma referência fundamental, pelos laços que unem os dois países, desde a colonização portuguesa, quando o tráfico escravagista procedeu ao maior transplante da história de população entre dois continentes, até as parcerias econômicas e culturais da contemporaneidade.

Ao acreditar que a cultura e a música constituem um terreno fértil para o estudo de uma sociedade, o seminário tem como foco a circulação de música popular urbana entre os dois países.

Trabalhando com a relação semba e samba, duas músicas populares emblemáticas. respectivamente em Angola e no Brasil, o seminário pretende, por um lado, fazer um balanço desta circulação, seus momentos fortes, os pontos de convergência ou divergência entre ambas as músicas, e seus protagonistas. A notar igualmente que, ao nomear semba e samba, o seminário não busca silenciar sobre outras músicas que, nos dois países, fazem parte da construção de suas musicalidades híbridas, ou que delas derivam, ou se inspiram. Assim, as manifestações mais recentes da música popular em Angola (kizomba, kuduro, hip hop), e no Brasil (axé, funk, rap) serão igualmente abordadas.

Esse seminário servirá de modelo para a realização de futuros seminários incorporando as cenas musicais dos países de língua oficial portuguesa, além de Angola e Brasil: Cabo Verde, Guiné Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste. O Encontro Semba Samba será um momento propício para o lançamento do Grupo de Pesquisa sobre Circulação Musical na CPLP – CiMus-CPLP.

Além do que foi colocado acima a propósito dos laços que unem Angola e Brasil, há outros motivos determinantes para a realização do Encontro Semba Samba neste mês de novembro de 2015:

Organizadores Institucionais e Apoiadores

Patrocinadores